Darks propõe versões de um imaginário brasileiro e gringo, feminino e drag, fetichista e frutífero, tristeza travestida de alegria e vice-versa. Com referência primeira na mulher fruta inaugural Carmen Miranda, Darks incursiona cultura de massa adentro, passando pelo imaginário já quase esquecido da lambada, pelas mulheres fruta dos anos dois mil e pelo flerte com a pós-pornografia e o animismo.

Participou de exposições e mostras coletivas em espaços como Galeria Ibeu, Capacete, Galeria Cavalo, Casa França-Brasil, MAR - Museu de Arte do Rio, Archive Kabinett (Berlim), Filmhuis Cavia (Amsterdã) e Tate Modern (Londres). Em 2018 foi bolsista residente do programa de formação "Qualquer direção fora do centro", da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Em 2019 realizou sua primeira exposição individual, “mulher desfruta”, na Galeria Cândido Portinari (UERJ). No mesmo ano, foi bolsista residente do programa Imersões poéticas da Escola sem sítio e participou da coletiva “Quando o perigo fica em duas patas”, com curadoria de Cadu, Marcelo Campos e Pollyana Quintela, no Paço Imperial. Em 2020 foi selecionada para a exposição Abre Alas na galeria A Gentil Carioca, com curadoria de Keyna Eleison, Pablo Léon de la Barra e Yhuri Cruz.

 

 

EXPOSIÇÕES

 

Exposição individual

 

2019

mulher desfruta - Galeria Cândido Portinari (UERJ), Rio de Janeiro, Brasil

 

Exibições e exposições coletivas (selecionado)

 

2020

FIF BH - Festival Internacional de Fotografia de Belo Horizonte, Brasil

Semana de Cinema, Rio de Janeiro, Brasil

DOBRA | Festival Internacional de Cinema Experimental, Brasil

Abre Alas - A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil

Autofagia - performance convidada da exposição Uóhol, de Rafael Bqueer, MAR - Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

2019
Quando o perigo fica em duas patas - Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

Efêmera - Semana de Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, Brasil
O legado de Rosa Magalhães - Centro de Artes Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, Brasil

O trabalho trabalha trabalha - Fosso - Rio de Janeiro, Brasil

Fosso 4 - Fosso, Rio de Janeiro, Brasil

 

2018

Formação e Deformação - Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil

Mark Fisher: Realismo Espectral - Fosso, Rio de Janeiro, Brasil

Multicidade: Festival Internacional de Mulheres nas Artes Cênicas - Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, Brasil

Invention Cinema - Filmhuis Cavia, Amsterdã, Holanda

Sessão Invenção - SESC São Paulo, São Paulo, Brasil

Species - Núcleo de Antropologia Especulativa - Curitiba, Paraná, Brasil

Mulheres, câmeras e tela - Cinemateca Brasileira, São Paulo, Brasil

 

2017

Tropicália and Beyond: Dialogues in Brazilian Film History - Tate Modern, Londres, Reino Unido

Lançamento do catálogo Tropicália and Beyond: Dialogues in Brazilian Film History - Archive Kabinett, Berlim, Alemanha

Landscapes of Excess - KISPAS, Bruxelas, Bélgica

Sad Days in Brazil - Teatro Munganga, Amsterdã, Holanda

Festival Mondial des Cinémas Sauvages, Bruxelas, Bélgica

The Palace International Film Festival, Otmuchow, Polônia

Festival Curta Brasília - DF, Brasil

Tropicália: ontem como hoje - Cinemateca brasileira, São Paulo, Brasil

Mostra de Cinema de Tiradentes - Tiradentes, Brasil

CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto, Ouro Preto, Brasil

 

2016

Semana dos Realizadores, Rio de Janeiro, Brasil

Cine Esquema Novo, Porto Alegre, Brasil

I Mostra Imagem em Movimento Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, Brasil

The Open Call Club, ‘The Unique Institutional Critique Pop-Up Boutique’, Galeria Cavalo - Rio de Janeiro

 

2015

Feminismo e Feijoada, Capacete, Rio de Janeiro, Brasil

Mostra do Filme Livre - RJ I SP I BH I DF, Brasil

 

2013

Salão Novíssimos 2013, Galeria Ibeu - Rio de Janeiro, Brasil